Spoilers Re:Zero Arco 6 Kioku no Kairo

Spoilers Re:Zero Arco 6

Spoilers Re:Zero Arco 6 Kioku no Kairo

Spoilers de Re:Zero voltaram ao site, eu queria deixar algumas coisas claras antes.

  1. Os Spoilers serão divididos em Arcos, nesse post é apenas o Arco 4, outro post terá os Spoilers do Arco 5, Arco 6, etc.
  2. Esses Spoilers são da versão da Web Novel e não da Light Novel, por isso se você tiver lido a light novel que a NewPOP publica e notar diferenças de história, e porque tem mesmo mudanças na história entre as duas versões.
  3. Isso é um resumo da história, não apenas tendo os fatos importantes listados, mas sim um resumo de tudo que ocorre ok.

Agora vamos as informações gerais do Arco 6.

O título do arco 6 é Kioku no Kairo (O Corredor das Memôrias).

O Arco 6 na Light Novel consiste nos Volumes 21 – 22 e publicando

Visão Geral do Arco 6

Subaru lidera uma equipe da Torre de Vigia das Plêiades para obter conhecimento sobre como resolver os problemas causados ​​durante a batalha em Priestella. Quando eles finalmente chegam, Shaula diz a eles que, para adquirir conhecimento, eles devem concluir as Provações correspondentes a determinados andares. No entanto, no processo de fazê-lo, inimigos novos e antigos aparecem.

Spoilers Re:Zero Arco 6

Em direção a Mansão de Roswaal, Subaru, Emilia e Beatrice se dirigem a ela juntamente com Julius e Anastasia, que os acompanhava na mesma Carruagem de Dragão. Após serem recepcionados por Petra e Ram, o grupo vai em direção ao salão onde Roswaal os esperava. Ele já sabia dos planos deles pela carta que eles enviaram, permitindo que a conversa fluísse mais rapidamente. Porém, quando o assunto chegou nos efeitos da “Authority of Greed” (Ganância), ele percebe que Subaru parecia lembrar de Julius, assim como lembra de Rem, dizendo a ele que ele deveria tomar conta dele como se fosse alguém especial, e complementa dizendo que era algo que muitas pessoas não entenderiam, por mais que elas quisessem. O grupo logo dispersa para resolverem os assuntos, com a maioria deles indo em direção a sala de confinamento para ver Meili, enquanto Beatrice fica para trás com Roswaal, para verificar se ele não estava tramando nada. Durante a conversa, ele menciona que Subaru agora “possuía dois”, após a derrota de outro Arcebispo do Pecado, no qual ela responde que havia outros candidatos, mas ele imediatamente retruca dizendo que nenhum deles seria páreo a Subaru.

Na sala de confinamento, o grupo anda em direção a Meili, que estava brincando com bonecas e se recusa a falar com eles. No entanto, Subaru entrega um boneco parecido com um panda que ele fez no caminho de volta, no qual ela nomeia “Big Bear Cat” (Grande Urso Gato). Ela concorda em se unir com eles na viagem até a torre, que faz com que ela ganhe um quarto próprio na parte oeste da mansão, e somando o grupo então com 7 pessoas, incluindo Rem. No tempo antes da partida deles, Subaru visita Rem, dizendo a ela que eles podem ser capazes de salvá-la. Ele, então, é interrompido por Ram, que após vários insultos a ele por agir como um pervertido, o surpreende dizendo que ela irá se juntar a eles. O grupo então se prepara para sair de manhã, mas não antes de Roswaal informar a eles a condição de Ram, e então o grupo parte em sua jornada de 20 dias até a torre. Ao chegar na cidade mais próxima, Mirula, o grupo passa dois dias lá se preparando para a tentativa, e descobrem que há três “Sand Times” todos os dias. Eles partem no dia seguinte. Assim que chegam em Augria Sand Dunes, eles lentamente continuam seu caminho, fazendo pausas durante os “Sand Times”, e também fazendo torres de gelo para marcar onde eles passaram, caso fiquem perdidos. No meio do caminho, Subaru começa a duvidar de Meili, que havia se juntado a ele no assento de passageiro com Julius, e invoca um gigante Sunamimizu. Porém, ela ordena que ele desapareça pouco tempo depois, pois ela disse que ele fedia. Sem o conhecimento deles, Shaula destruía as torres de gelo a medida em que progrediam.

Shaula

O grupo passa a primeira noite deles nas dunas de areia, já que encarar a Sand Time noturna seria desastroso. Discutindo a situação deles, Julius revela que eles não estavam fazendo progresso até a torre por algum motivo, fazendo com que Anastasia especulasse que o espaço entre eles e a torre estava sendo distorcido, ou seja, fazendo com que eles estivessem andando em círculos. Subaru a questiona se há algum método de burlar isso, no entanto ela responde que isso estava sendo causado pelo miasma do lugar. Apesar disso, ela também especula que possivelmente haveria uma abertura durante um Sand Time, no qual eles vão atrás no dia seguinte. Infelizmente, eles passam vários dias procurando por essa abertura, até finalmente conseguirem em um Sand Time, mas apenas para se verem de volta no início do campo florido Oiranguma. O campo florido era muito grande para ser evitado, forçando eles a, silenciosamente, seguirem adiante usando a habilidade de Meili de remover Bestas Demoníacas de seu caminho. Eles conseguem com certo sucesso fazer isso, até que em um momento, o Dragão de Terra alugado por eles em Mirula fez um som e pisou no chão, causando todos os Oiranguma na vizinhança despertarem. Enquanto fugiam deles, Shaula os ataca da torre, vaporizando todos do pescoço pra cima, os matando instantaneamente.

Ao retornar da morte, Subaru percebe que ele retornou para o ponto pouco antes dos problemas com os Oiranguma, e tenta avisá-los sobre continuar adiante até a torre, mas ele não consegue a tempo, e o Dragão de Terra repete o mesmo comportamento do loop anterior, fazendo com que eles fugissem das Bestas Demoníacas novamente. Felizmente, ele consegue convencer os outros, graças à intervenção de Emilia, mas enquanto eles mudavam de caminho, o Sunamimizu que Meili havia invocado para ajudá-los foi dividido em dois por alguma força, e seu corpo começa a cair em cima deles. Subaru, Beatrice e Patrasche escapam de serem amassados pelo corpo, mas percebem que eles haviam sido separados a força, com Shaula atacando eles. Eles conseguem escapar de alguns ataques, mas Subaru e Beatrice acabam empalados por uma agulha, e consequentemente, mortos. Ao retornar da morte pela segunda vez, ele acalma o Dragão da Terra usando sua “Unseen Hand” (Mão Invisível), e então aconselha os outros a recuarem, conseguindo voltar ao lugar de início do campo florido. Após uma discussão sobre o que eles fariam a seguir, Subaru sugere usar EMM para bloquear ataques, no entanto, eles são atingidos por um ataque de distorção de espaço, fazendo com que todos sejam separados. Subaru acaba sendo transportado para uma área embaixo das dunas de areia, juntamente com Ram, Anastasia e Pastrasche. Enquanto os assistia serem engolidos pelo ataque, Shaula alegremente diz que finalmente o encontrou.

Ao reagruparem no subterrâneo, os quatro decidem explorar o local, escolhendo o caminho da esquerda quando encontram uma bifurcação. Enquanto Ram e Anastasia escolhem o caminho da esquerda por terem uma sensação ruim, Subaru tinha um motivo a parte pelo qual ele concordava com elas, mas manteve para si, pois o motivo era de que ele se sentiu agitado sobre o caminho da direita. Pouco tempo depois de seguirem pelo caminho da esquerda, eles encontram um Gabaou, que rapidamente incinera o grupo inteiro. Voltando no ponto onde ele encontrou Ram, o grupo mais uma vez se aventura pelo subterrâneo, só que dessa vez, Subaru tenta ir pelo caminho da direita. Adiante nesse caminho, a alta concentração de miasma de bruxa começa a afetá-los a medida em que eles se aproximavam do santuário da bruxa, fazendo com que Subaru e Ram comecem uma discussão. Ele então nocauteia Pastrasche com sua Unseen Hand e estrangula Ram. Anastasia então o nocauteia com sua Wing Magic, e tenta acalmá-los, mas inevitavelmente, as coisas se esquentam muito rapidamente fazendo com que eles lutem entre si, resultando em uma vitória de Subaru. No entanto, Patrasche já enlouquecida, que já havia matado Ram, o ataca, matando-o ao esmagar a cabeça dele com sua mandíbula.

Ao retornar da morte mais uma vez, ele se lembra do loop anterior no momento em que vê o rosto de Ram, fazendo com que ele fique nauseado. Ram ajuda a acalmá-lo e o grupo explora o subterrâneo pela terceira vez, dessa vez, sem dúvida, escolhendo o caminho da esquerda. Assim como no primeiro loop, o grupo encontra os Gabaou, mas dessa vez Shaula os salva durante a batalha intensa contra a Besta Demoníaca. Perdendo um pouco a consciência, a mente de Subaru visita o local cheio de sombras onde ele já esteve algumas vezes quando retornou da morte, e por lá, ele vê algumas alucinações de Petelgeuse e Regulus, mas os ignora para focar sua atenção em Satella, cuja aparência estava muito mais clara do que antes. Como de costume, ela expressa seu amor por ele. Subaru então acorda e se vê na Pleiades Watchtower, onde ele descobre, por Beatrice, que todos estão bem. Nesse momento, Shaula chega e imediatamente o abraça, isso faz com que Emilia o chute.

Spoilers Re:Zero Arco 6
Finalmente, todos se reúnem para discutir os eventos recentes, no entanto, Shaula se recusa a dizer qualquer coisa, fazendo com que Subaru a convencesse a falar. Obediente, ela segue o pedido dele para falar, e confirma que ela é Shaula, no entanto ela revela que não é uma Sábia, e complementa dizendo que esse era o título do mestre dela, cujo nome era Flugel, deixando todos por perto surpresos. Ao ouvir isso, o grupo fica em dúvida se eles iriam conseguir alguma informação útil de como reverter o poder da “Authority”, de qualquer forma, Shaula começa a explicar sobre a torre. Ela revela que o subterrâneo que eles estavam eram a sexta camada chamada Asterope, o nível em que eles estavam era a quinta camada, chamada Celaeno. A quarta camada chamada Acyone, a terceira camada chamada Taygeta, a segunda camada chamada Electra, e a primeira camada chamada Maia. Continuando sua explicação, ela menciona que Taygeta acima, eram salas testes, que precisavam ser finalizadas para acessar a biblioteca correspondente. Em direção ao terceiro andar, Subaru questiona ela sobre o porquê de não haver uma chamada Merope, no qual ela confirma que há uma camada zero chamada Merope, mas ela se recusa a falar sobre isso, pois ele não havia atingido as condições necessárias para isso. Subaru percebe uma certa tristeza em seus olhos e uma voz mais firme, fazendo com que ele não insista na sua pergunta.

Spoilers Re:Zero Arco 6

Durante o caminho de subida até a torre, Subaru e Ram visitam a Sala Verde em Acyone, uma sala coberta por plantas, que essencialmente, se tratava de um Espírito que tentava curar qualquer um lá dentro. Subaru percebe que Patrasche estava sendo curada, mas Rem não. Fazendo com que ele reafirmasse sua promessa de salvá-la, e deixa o quarto para retornar aos outros enquanto Ram fica para trás cuidando de Rem. Ao se juntar com os outros, o resto do grupo segue em direção a terceira camada, Taygeta, para se verem num espaço completamente branco com apenas um monolito flutuante em frente as escadas que eles acabaram de subir. Os outros falam para Subaru para que ele toque no monolito, e quando ele o faz, o monolito dispara diversos monolitos de tamanhos diferentes pela sala, que também flutuavam igual ao original, e então diz a todos para “tocar o brilho do herói destruído por Shaula”, dando início ao teste. Sem saber o que ele precisava fazer, Subaru pede conselho a Julius, e toca em um monolito apenas para testar, fazendo com que ele falhe no teste, e tenha que recomeçar. O teste recomeça a partir do momento que ele toca no monolito original novamente. Nisso Emilia e Beatrice sugerem a Subaru que ele pergunte para Shaula, no entanto, ele deixa Beatrice e Julius continuarem com os questionamentos, enquanto leva Emilia e Anastasia com ele para investigarem os monolitos. Enquanto faziam isso, Emilia notou similaridades entre os testes que eles estavam fazendo na torre, e os testes no Túmulo de Echidna.

Pouco tempo depois, Subaru percebe que tipo de resposta era, mas pede para Beatrice usar seu Murak nele para que ele pudesse ver o teste por cima para ter certeza. Sua suspeita se confirma, ele diz aos outros que a chave para a resposta era “Orion”, trazendo pra eles o conto de Orion e Escorpião, complementando que os monolitos, quando vistos de cima, formam a constelação de Orion. Levando isso em consideração, o monólito que ele precisava tocar seria ou Betelgeuse ou Rigel, fazendo com que ele escolhesse Rigel, pelas péssimas memórias que tinha com o nome Betelgeuse. O momento em que ele toca o monolito “Rigel”, a sala é preenchida com luzes que transformam os arredores na Biblioteca Taygeta, demonstrando que a resposta dele estava correta. Subaru percebe que o teste seria impossível para qualquer um que não conhecesse as constelações do mundo dele, mas de qualquer forma, ele deixa esse pensamento de lado por ora, enquanto exploram a biblioteca. Por lá eles encontram livros entitulados “Noah Libertas”, “Libre Fermi”, “Palma Eule” e “Coyote”, fazendo ele chegar a conclusão de que os livros estavam entitulados com nome de pessoas. Enquanto o grupo examinava a biblioteca, Subaru acidentalmente encontra o livro de Typhon, e ao lê-lo, ele vê partes de passado dela, no entanto ele é forçado a ter o livro tirado de suas mãos por Emilia para evitar de ter a alma completamente tomada pelo livro. Beatrice tenta ler o livro, e Subaru tenta impedi-la, preocupado com o que poderia acontecer, mas nada acontece. Do outro lado da biblioteca, Julius, assim como Subaru, precisa da ajuda de Anastasia para voltarem do livro que estavam lendo, que se chamava “Balroy Temegrif”, contendo as memórias de um antigo general do Império Volakia.

Ao ouvir isso, Subaru lê o livro para ver se ele conseguia ver as memórias ele mesmo, mas para a surpresa dele, nada acontece. Em primeira instância, Julius estava relutante em compartilhar as informações sobre o homem, mas ele muda de ideia ao ouvir algumas palavras de Subaru, e também pede desculpas por seu comportamento anterior. Ele então revela que o homem estava atualmente morto, pois ele havia se matado e que o homem planejava um golpe enquanto ele, Reinhard, e Ferris estavam em Volakia. Baseado em suas experiências, Anastasia especula de que os livros permitem as pessoas verem o passado de pessoas que eles conhecem pessoalmente, mas limitado a pessoas já falecidas, finalizando com o comentário de que a Biblioteca Taygeta provavelmente continha os livros de cada pessoa já falecida. Mantendo esse pensamento na cabeça, Subaru leu o livro de Minerva em seguida, porém, de qualquer forma, não conseguem encontrar um caminho para a próxima camada. Eles consideram trazer mais pessoas para os ajudarem, mas Anastasia suspeitava de Shaula, baseada em suas experiências como mercadora, e quando questionada, ela acredita que Shaula possuia 5 regras secretas sobre proteger a torre. Em defesa própria, Shaula explica que ela simplesmente não havia mencionado nada, pois ninguém havia perguntado. Continuando com a explicação, ela revela que mataria todos caso eles tentassem deixar a torre sem atingir a primeira camada da biblioteca, ela os proíbe de quebrar as regras do teste, de desrespeitar as bibliotecas, de danificar a torre, e termina dizendo que não há uma quinta regra. Seguindo a discussão, Emilia, baseada no seu pensamento de quem quer que tenha feito a torre fosse desobediente, sugere que as escadas para a segunda camada pudessem estar na quarta ou quinta camada. E conforme ela havia presumido, o grupo encontra as escadas em uma sala nova criada na quarta camada, que estava perto da Sala Verde.

Antes do grupo subir as escadas, Subaru se pergunta se as mesmas estavam lá desde o início, fazendo com que os outros se lembrassem que eles tinham evitado inconscientemente procurar a sala com as escadas. Ao terminar de subir, o grupo chegou em uma sala branca que se parecia exatamente com a anterior, fazendo com que eles duvidassem se eles haviam chegado na “camada” certa. Felizmente, a sala estava diferente, pois em vez de um monolito, havia uma espada presa no centro da sala. Subaru vai em direção a ela, e ao segurar a espada, ele ouve uma voz dizendo que um tolo que ousara chegar perto da espada sagrada, teria que conseguir seu perdão. Quando ele olha para onde os demais estavam olhando, ele percebe que havia aparecido um homem com longos cabelos ruivos, que repetia o que a voz havia dito. Ao ouvir um som atrás dele, ele percebe que Shaula parecia ter medo desse homem. No entanto, após repetir a frase algumas vezes, o homem de repente começa a gritar, fazendo com que a assustada Shaula agarrasse Subaru. Isso fez com que ele acidentalmente soltasse da espada, e logo em seguida, Shaula perde a consciência. Ao pegar a espada que Subaru largou, Julius enfrenta o homem que havia parado de gritar para notar os arredores. Após uma breve conversa, o homem percebe que eles estão na sala branca e diz para Julius tentar movê-lo de sua posição se ele quisesse conversar mais.

Antes da batalha iniciar, Julius joga uma espada para o homem, mas ele rejeita a oferta e chuta a espada de volta para o cavaleiro. A luta começa com um ataque de Julius, mas o homem para o ataque com um simples par de hashis e o chuta para longe, juntamente com vários ataques repetidos também usando hashis. Ao ver isso, Anastasia tenta ajudá-lo usando Jiwald, mas para a surpresa dela, o homem facilmente “corta” a magia com os hashis. Ela tenta aumentar a quantidade de Jiwald conjurada, fazendo com que ele caísse ao chão com Julius e o arrastasse pelo lugar, colocando as pontas em seu plexo solar. Tudo isso enquanto provocava Anastasia por sua mira. Finalmente, o corpo de Anastasia chega em seu limite, fazendo com que Julius tentasse forçá-lo para perto dela. De início, o homem estava feliz por Julius levar a batalha a sério, mas logo em seguida começa a zombar do cavaleiro quando esse o decepcionou, chamando-o de uma falha completa. Agitado por tais palavras, Julius foi incapaz de impedir o homem enquanto esse quebrava sua espada em dois. Logo em seguida ele dá um soco em Julius, fazendo com que ele voasse na direção onde Anastasia estava.

Enquanto ele procurava em várias direções por seu próximo oponente, Emilia ativava uma de suas magias, criando uma barreira de partículas de gelo em volta do homem, confrontando-o. Emilia prova que o homem esteve correndo o tempo todo apesar de ter mencionado para Julius tentar movê-lo, no qual ele apenas responde que disse isso como piada e que não estava falando sério. Independente disso, ela tenta negociar com ele para manter sua promessa original, e após pensar por um tempo, ele concorda caso ela consiga movê-lo de sua posição. Ao usar suas Linhas de Gelo, ela forma um enorme número de armas em volta dele e lança todos de uma vez, mas ele facilmente destrói todos com seus hashis. Ao ver que a barragem de gelo não tinha efeito nele, ela decidiu atacar por conta própria com um enorme machado, mas assim como lidou facilmente com as armas de gelo, o mesmo aconteceu com Emilia, rebatendo o ataque dela para o chão. Sem desistir, Emilia usa várias armas novamente criadas pelas linhas de gelo para atacá-lo de novo e de novo, mas sem sucesso. Após errar um ataque, ela se vê na necessidade de dar um passo para trás para recuar, e nesse momento o homem utiliza essa oportunidade para “acariciar” os peitos dela com seus hashis. Com ele distraído por seus peitos, ela usa a oportunidade para bater com suas luvas de gelo em sua cabeça, fazendo ele sair andando em dor. Com isso, ele rapidamente fica nervoso com ela, exigindo uma explicação do porquê ela não ficou envergonhada ao ter seus seios acariciados, e então direciona essa raiva a Subaru, dizendo para ele fazer melhor seu trabalho como subordinado. Apesar disso, ele admite sua derrota, mas apenas para Emilia, pois ela foi a única que conseguiu fazê-lo se mover.

Subaru começa a se preocupar pelo fato de que não tinha como o resto do grupo vencê-lo. Beatrice aponta que no acordo, Emilia havia dito “se vencermos”, ou seja, a vitória de Emilia contava como a vitória do grupo inteiro. O homem reclama dessa declaração de Beatrice, mencionando que ele havia “acordado”, fazendo com que Subaru percebesse que a prova havia mudado por conta dele “acordar” nessas condições. Naquele momento, Meili sugere para que eles recuem por enquanto e o homem concorda, dizendo que ele estava entediado e iria “fechar as portas” por ora.

De volta à quarta camada, o grupo discute a situação com Ram. Enquanto faziam isso, o tópico da conversa muda para Julius e Anastasia, fazendo com que Beatrice explicasse que o portão de Anastasia não conseguia absorver mana como Subaru, o que significa que ela precisaria usar “od” para usar magia. Ele se perguntava porque Echidna arriscaria a vida de Anastasia para salvar Julius, mas decidiu esquecer isso e focar na prova. O grupo começa a se perguntar quem era o homem de cabelos ruivos, e Ram fala que havia apenas três outras pessoas no nível de Reinhard: Cecilus Segmunt de Vollachia, o “Príncipe Enlouquecido” de Gusteko e o “Admirador” Halibel de Kararagi… mas que nenhum deles pareciam com o homem misterioso. Felizmente para eles, Shaula acorda e com a ajuda de Ram, eles conseguem fazê-la revelar que o homem era Reid Astrea*, no entanto ela também complementa dizendo que seu mestre havia dito que Reid estava morto. Imediatamente, o grupo retorna a Sala Verde para bolar uma estratégia com Julius, mas ficam surpresos ao ver que a cama de Julius estava vazia. O cavaleiro havia voltado por conta própria para a segunda camada para desafiar Reid mais uma vez, que após ouvir Julius se anunciar novamente como Cavaleiro, o responde que nem se importaria em ser seu oponente enquanto usasse esse “título” chato.

Por sua espada ter sido destruída na batalha anterior, Julius usa a espada da prova. Ele tenta lutar normalmente, mas é inútil, e eventualmente Reid se cansa de seu comportamento e decide finalizá-lo com uma espadada. Assim que o ataque o atinge, ele ouve Subaru gritar seu nome, fazendo o perguntar a si mesmo se ele ainda era digno de ainda ser chamado por seu nome.

*Reid foi o primeiro Sword Saint, e ele participou do selamento da Satella

Ao notá-lo, Reid direciona seu foco a Subaru mas se irrita quando ele o chama pelo seu nome, pois Reid achava mais divertido não se apresentar propriamente. Mantendo o olhar fixo nele, Subaru corre para onde Julius estava e começa a carregá-lo de volta pelas escadas. Durante a descida, assim que Julius recupera sua consciência, eles começam a discutir sobre Reid. Nisso, Julius revela que Reid já havia lutado com Satella quando ele era mais velho. Subaru se lembra que Reid não havia reconhecido Shaula, e se pergunta se aquele Reid que estava diante deles era a mesma pessoa só que antes de conhecê-la. Pouco tempo depois, Julius desce das costas de Subaru, dizendo que já podia andar por conta própria. De qualquer forma, Subaru via essa derrota de Julius como a sua própria que ele sofreu no castelo. Sabendo disso e não querendo deixá-lo sozinho pelo o que havia acabado de acontecer, Subaru o convence a deixá-lo ajudar a descer as escadas. Após uns 10 minutos, Emilia encontra os dois.

Ao levá-lo para a Sala Verde, Emilia pede para que Julius se acalme e descanse enquanto Subaru faz com que Pastrasche o observe, caso ele tente escapar. Ao se reunirem com Ram, que estava do lado de fora, eles vão para outra sala para discutir com os demais as opções que tinham. Eles perguntam a Shaula se Reid possui alguma fraqueza, mas infelizmente a discussão não leva a lugar nenhum. Vendo o desespero deles de tentarem passar pelo teste de qualquer forma, Shaula comenta que tudo ficaria bem se eles se acalmassem, e que esperaria o quanto precisasse, assim como ela esperou por centenas de anos pelo retorno de Flugel.

Naquela noite, Subaru acordou e percebeu que Anastasia havia sumido. Enquanto procurava por ela, ele avista um pássaro voando pela torre, e ao seguir a trilha de penas que ele deixou no caminho, Subaru encontra uma parte da parede que era real de sua cintura para cima e ilusão de sua cintura para baixo.

Se arrastando pela parte falsa, ele se viu em uma sacada juntamente com Anastasia. Os dois começaram a conversar, com Echidna perguntando quem ele era, pois havia ficado com suspeitas ao ver como Shaula parecia conhecê-lo, e revela que Anastasia havia o investigado após os eventos da derrota da Baleia Branca e Petelgeuse. Subaru responde que sua resposta rápida para o teste do terceiro andar havia sido uma coincidência. Nisso, o assunto da conversa mudou para a sacada em que estavam, na qual Echidna disse pensar que foi usada por Shaula para monitorar o deserto. Finalmente, o assunto da conversa muda para Anastasia, e Echidna revela que ela desejava achar uma maneira de devolver o corpo de Anastasia o mais rápido possível, pois sua Od era consumida a uma velocidade maior enquanto Echidna possuísse o corpo dela. Subaru então pergunta o porquê de Anastasia querer tanto ter o seu próprio país, no qual Echidna responde que Anastasia tem um motivo pelo qual ela não irá abrir mão. Nesse momento, Julius aparece, exigindo saber a verdade por trás dessas palavras.

Echidna tentou se passar como Anastasia para Julius, mas ao ver que isso não iria funcionar, ela decide explicar tudo o que aconteceu com Anastasia desde a batalha em Priestella. Depois que terminam de conversar, eles concordam em contar isso a todos na manhã seguinte e retornam. No entanto, Subaru, se sentindo culpado por ter escondido a situação de Anastasia de Julius até agora, não ficou a vontade de voltar para a Sala Verde, e se perguntou o que ele faria. Ao encontrar Ram no corredor, ele conversa com ela por um tempo, e então bolam um plano para passarem pelo teste de Reid, e sai por conta própria para colocar o plano em prática. Na manhã seguinte, Subaru acorda na Sala Verde, aparentemente sem nenhuma de suas memórias desde o momento em que ele veio para esse outro mundo

Enquanto os outros discutiam coisas com ele, eles perceberam que ele usava o termo “isekai” (outro mundo), se perguntando o que isso significava. Ele explicou o termo para todos, acreditando que eles ficariam chocados, mas para sua surpresa, eles simplesmente perguntaram se isso era algum lugar depois da grande cachoeira. Vendo que isso não ia dar em lugar nenhum, eles decidem partir em direção à biblioteca Taygeta, conforme planejado. Por lá, Subaru percebe que ele não conseguia ler o título de um livro, fazendo com que Emilia arrancasse o mesmo de suas mãos, alertando-o para não ser descuidado com o livro, já que a biblioteca poderia ser o motivo de sua amnésia. Echidna acredita que a perda de sua memória foi o motivo pelo qual ele começou a falar sobre “isekai”, mas foi logo desmentida por Beatrice que revelou que Subaru aprendeu a língua quando veio a mansão de Roswaal. Deixando esse assunto de lado, o pessoal decidem se dividir em três grupos: Emilia, Beatrice e Ram; Julius e Echidna; Subaru, Meili e Shaula. Sem ter o que fazer, ele conversa com as outras duas enquanto se colocava em posição fetal com seus braços em volta de sua cabeça após escutar as palavras de Shaula, já que ele não queria que elas soubessem que ele se sentiu salvo pelas palavras dela. Vários minutos depois, todos se reencontram sem nada de interessante para relatar.

O grupo decide então retornar ao segundo andar. E então, Echidna começa a especular de que a torre tenha roubado as memórias de Subaru pois poderia fazer parte da prova e, teoricamente, pudesse ter quebrado uma das regras. Continuando nessa hipótese, Subaru diz que suas memórias podem retornar caso eles terminem a prova das torres. A equipe concorda em focar nas provas, por ora. Nisso, eles rumam até a prova do Reid enquanto Subaru continua a se sentir inútil. Ele começa a se perguntar o por quê dele não possuir poderes especiais ou um chicote como uma arma. Ele percebe o quanto estava soando ridículo e volta para a realidade. E então, ele sente um impacto por trás. Ele cai no meio da torre, se sentindo enjoado e imaginando o que todos pensariam sobre ele vomitar nele mesmo. Ele chora por sua mãe antes de se espatifar no chão.

Ele retorna a sala verde, onde Emilia e Beatrice o encontraram, ainda com amnésia mas com as memórias do loop anterior. Ele pensa que está tendo sonhos premonitórios e se pergunta por que o seu antigo “eu” nunca ter contado a ninguém. Shaula então o encosta contra a parede e quase o beija antes de Meili intervir. Ele então conta a todos sobre isekai novamente, e nisso ouve sussurros das pessoas achando que ele enlouqueceu antes de contar a eles sobre os seus “sonhos”, e decide se “isolar” após perceber que ninguém acreditaria nele. Ele vai embora pelas escadas. Nessas escadas, ele quebra todos os seus ossos enquanto vagueia sobre como as memórias moldam como as pessoas são. Ele não vê mais a si mesmo como o mesmo Subaru de antes, e então repete “Quem é Você?” em sua mente antes de morrer.

Subaru retorna de sua morte novamente, de novo em pânico, e então vai até o 5º andar onde ele encontra uma porta gigante. Ele abre a porta e vai embora da torre… mas acaba encontrando uma minhoca gigante. Antes de ser devorado pela minhoca, ele é salvo por um ataque de Shaula. Mas nisso, ele é afundado na areia até se encontrar em uma caverna subterrânea onde ele estava anteriormente com seu grupo. Ele não possui nenhum suprimento, nenhuma pista de onde ir, até que finalmente ele sente o cheiro de algo e decide ir atrás desse cheiro. Ele é levado até uma caverna onde encontra uma porta destinada a ele. Ele sabe que essa porta é destinada a ele e que estava esperando ser tocada por suas mãos. Com sete jóias, das quais quatro começam a brilhar enquanto ele se aproxima, atravessa a porta e reaparece de volta na torre. Mas dessa vez ele não sente mais medo ou vontade de fugir. Agora ele quer apenas matar quem o matara anteriormente, até mesmo se divertindo da situação. Lágrimas de medo ainda correm pelo seu rosto, mas ele nem percebe. Ele encontra Patrasche, pega uma faca e sai à caça de seu inimigo.

Subaru repete a si mesmo “matar, matar, matar”, enquanto planeja matar alguém. Ele chega até mesmo ao ponto de pensar no “quão fácil” é de se matar uma criança. Nisso, ele encontra Shaula toda esquartejada com sua cabeça toda deformada. Echidna também está morta. Ram tem um buraco em seu corpo, aparentemente de um ataque de Shaula. Julius está esquartejado, aparentemente numa tentativa de defender Meili. Meili está morta por perda de sangue de seus ferimentos. Em resumo, todos estão mortos. Subaru fica aliviado ao ver a primeira pessoa morta, já que isso significava uma pessoa a menos para ele matar, mas seu entusiasmo logo é deixado de lado. Ele percebe que não vê nenhum corpo de Betty ou Emilia. Betty não deixaria um corpo, já que é um espírito, e o que aconteceu com Emilia pode ser respondido mais tarde. Subaru balança Patrasche, mas Patrasche sequer liga. Nisso, ela agarra Subaru e começa a correr loucamente fora da torre enquanto sombras começam a “engolir” a mesma. Puxando ele para fora enquanto a escuridão os engloba. Patrasche consegue salvar Subaru mas é engolida pela escuridão. Nisso, Subaru vê algo. Não é uma sombra, ou dragão, ou lagarto, ou um pássaro. Ele pergunta quem é, e é respondido por uma voz irreconhecível. “Continue tentando adivinhar, herói”. Nisso, sua cabeça é decepada e ele acorda e corre para abraçar seu dragão.

Após Subaru terminar de abraçar Patrasche, ele decide mudar de estratégia e não contar a ninguém sobre sua amnésia, e para sua surpresa, ninguém percebe algo de estranho nele. Após se lembrar de ouvir uma voz em seu loop passado, ele testa a força física de Emilia para ver se ela é forte mesmo. Ela é. Mais tarde, ele decide pedir a Shaula por um apoio e pergunta a Julius o que aconteceu na noite passada porque ele aparentava ser o mais suspeito. Os dois vão a um lugar privado e Julius explica a situação sobre Echidna e Anastasia. Após isso, Shaula aparece e deseja ser recompensada com um abraço por ser útil e ter defendido ele. Subaru a abraça por um tempo para que ela não achasse que estava sendo simplesmente usada, e acaba ficando excitado. Ele então retorna a Sala Verde, e encontra Meili. Ela pergunta a ele o quão sério ela devia considerar o que eles conversaram na noite passada e, de repente, Subaru perde a consciência. Quando ele recobra a consciência, ele percebe terríveis marcas de arranhão em seus braços, que ele assume ser de garras ou unhas do assassino. Ele avista Meili, apenas para vê-la cair no chão e morrer bem a sua frente. Subaru começa a acreditar que ele está completamente sozinho com o assassino vivo por perto

Em Atualização….


Leia Mais Re:Zero!

Apoie a VSA! Doe pelo Paypal, Curta a gente no Face, Insta e Twitter! Compre Mangás na Amazon e ajude a Rem a voltar!!!

%d blogueiros gostam disto: