ReZero 2 Ep 4 – Comentários do Autor

ReZero 2 Ep 4 – Comentários do Autor

Toda semana, quando um episódio de ReZero passa na TV, o autor, Tappei Nagatsuki, enche seu perfil do twitter com comentários sobre o episódio. Ele fez isso na primeira temporada, na nova versão da 1º temporada, e agora na segunda temporada ele está comentando novamente!

O que você vai ler abaixo são alguns dos comentários dele durante a exibição do 4º episódio da segunda temporada!

Esses comentários são publicados no twitter dele e compilados no Reddit.

Comentários da semana passada

Tweet inicial dos comentários do 4º episódio:

Bem, logo no início estamos olhando ao redor do quarto do Subaru, e se você olhar com cuidado, você pode ver figures e cartazes que também eram visíveis no final do episódio 3… Acho que as pessoas com boa intuição serão capazes de dizer o que têm em comum.

O pai musculoso e meio nu de Subaru é ‘Natsuki Kenichi’. E a mãe dele, a quem se pode dizer que compartilha seus genes pelo olhar dela, é ‘Natsuki Naoko’.

Uma coisa inesperada é que quando dorme, Subaru usa pijama, e não o jersey.

Quando faltamos a escola, estar nervoso até passar da hora de ir para a sala de aula, e poder relaxar após essa hora passar… todos já tivemos uma experiência assim.

Sobre o ”Whoa” do Kenichi quando ele entrou fazendo moonwalk, isso se tornou realidade graças ao Toriumi-san falando: ‘ah, isso é igual ao Michael’ e botando um esforço extra. Isso parecia algo que o Kenichi faria, então foi aprovado logo.

Subaru aponta a coca que lhe foi dada para outra direção e a abre. Sendo esta a interação garantida deles, provavelmente porque no passado ele tinha caído naquela armadilha vez após vez. Quando ele está montando uma armadilha intrincada, Kenichi às vezes também trocava as etiquetas.

Muitas vezes é mal entendido, mas devido ao fato de que ele vai a uma loja de conveniência e, como é normal, é mais correto chamá-lo de “vagabundo” do que de “hikikomori”.

Sobre Subaru e Kenichi sentados como pai e filho no banco, você pode dizer que eles são pai e filho com um olhar da maneira como eles são. Além disso, no penteado e em outras coisas que podem ser determinadas por si mesmo, Subaru está tentando intencionalmente ser como seu pai. O olhar em seus olhos é herdado de sua mãe.

Sobre o fracasso do Subaru na estreia do ensino médio, Subaru tem problemas de alto nível na sua comunicação, então na vida do ensino médio que requer que ele leia o clima, ele teve um pouco de dificuldade. Ele está lidando um pouco melhor com isso no outro mundo porque as pessoas ao seu redor não são estudantes no mesmo ano de escola, mas adultos.

No “Trial”, a razão pela qual Subaru pôde voltar a si mesmo foi graças a duas meninas que ele conheceu no outro mundo. Estou observando ‘você’, ‘você’ está me observando – essa é a motivação dele.

O “Trial” começou, ele se recuperou, e Subaru conseguiu falar com Kenichi sobre coisas que seu complexo não o deixaria falar antes, mas da mesma forma, há também algo que Subaru agora está sentindo diretamente. É que ele não será capaz de voltar do outro mundo.

Não vou explicar em detalhes nesta fase, mas, por favor, pense que Subaru tem tido a sensação inconsciente desde o início de que “não serei capaz de voltar do outro mundo”. Ele tomou consciência dessa consciência inconsciente devido às palavras de Kenichi.

Ele não tinha certeza de que seria capaz de atender a essas expectativas. Mas ele se tornou capaz de dizer isso. Esse é o crescimento de Subaru depois de ter passado pelos arcos um a três.

Mas ver o personagem principal em um uniforme escolar é realmente estranho…

O “Su” escrito na tampa da maionese é porque é a maionese pessoal de Subaru. Há também ‘Na’ e ‘Ke’; é uma casa de amantes da maionese. Além disso, é uma família onde depois que uma garrafa de maionese é terminada, a tampa é lavada e guardada em uma coleção.

Ela é uma mãe fervilhante, mas o primeiro encontro entre Naoko e Kenichi também foi fervilhante, onde Kenichi ajudou Naoko quando ela estava prestes a ser enganada por uma pessoa má, e quando ele descobriu no dia seguinte que ela estava prestes a ser enganada pela mesma pessoa exatamente da mesma maneira, ele a ajudou novamente. Esse foi o início do relacionamento deles.

Uma mãe e um filho se separando na rua lateral a caminho da escola. Eles poderiam ter se despedido dessa forma, sem dizer nada. Se eles tivessem se separado sem dizer nada, ele não teria que deixar a mãe triste. Mas, ele não podia ficar em silêncio. Porque ele tinha ficado em silêncio, e se arrependeu.

No início do episódio 1 (da 1º temp), Subaru se dirigiu à loja de conveniência, e este é seu encontro com sua mãe pouco antes disso. Bem, eles não interagiram, então talvez você não possa chamar isso de encontro. É apenas o arrependimento de Subaru.

Esses eram os pais de Subaru. A história de hoje não foi dramática nem nada, mas é a razão de Subaru ser o tipo de pessoa que ele é.

A propósito, a fila de cerejeiras onde Subaru e Kenichi estavam andando é um lugar bastante famoso para cerejeiras. O autor foi lá pessoalmente, tirou todo tipo de fotos com seu smartphone e enviou todo tipo delas para o diretor, dizendo: “Este tipo de imagem! As pessoas que sabem vão entender, mas as cerejeiras são incríveis.”

E com isso, obrigado novamente por mais esta semana, vamos nos encontrar novamente na próxima, com a Echidna de uniforme escolar. Vejo vocês depois!


Compartilhe!!