Shueisha se pronuncia sobre ter site pirata de mangá em histórico de Editor

Shueisha se pronuncia sobre ter site pirata de mangá em histórico de Editor

Recentemente houve uma live onde um editor da Shueisha, no caso, editor de One Piece, estava mostrando a tela do smartphone dele, e em dado momento, apareceu o histórico de sites que ele visita.

Entre esses sites, fãs notaram que tem lá um site de mangás adultos pirata!

Obviamente, após notarem isso, começaram os questionamentos, ”um editor da Shueisha, que luta contra a pirataria, estava visitando um site de mangás adultos piratas para não ter que comprar mangás?”

Bom, a Shueisha se pronunciou sobre o caso, ela disse:

”Após confirmar os fatos, nós determinamos que a tela do smartphone do empregado envolvido, que foi mostrada em uma livestream, mostrou um link que ele havia tocado inadvertidamente ao navegar na rede e que acidentalmente passou a fazer parte de seu histórico de acessos.

Ele não estava procurando por sites ilegais, nem estava realizando downloads ilegais.

Em relação ao uso de um dispositivo pessoal em uma transmissão ao vivo, como empresa, não podemos recomendar essa prática e emitimos um aviso firme.

Nós pedimos desculpas sinceras por causar preocupação entre os viewers da live e aos fãs de mangá. O vídeo está atualmente inacessível devido a uma razão tecnológica do Youtube, quando for removida, nós planejamos editar e upá-lo”.

A Shueisha é uma das grandes editoras japonesas que luta contra a pirataria de mangás, então algumas pessoas acharam isso irônico.

Gostou do post? CURTA nossa página no Facebook! SIGA o Hoss no Twitter e nosso PERFIL no Instagram! Receba nossos posts pelo Telegram.

Sugestões? Correções? Proposta comercial?
Envie um e-mail para: [email protected]

Compartilhe!!