Homem preso após se recusar a usar máscara em um avião se recusa a usar máscara sob custódia

Homem sHomem preso após se recusar a usar máscara em um avião se recusa a usar máscara sob custódia

Em 7 de setembro de 2020, Junya Okuno, um homem de 34 anos, se recusou a usar uma máscara ao entrar em um avião, o avião chegou a decolar, e mais uma vez, foi pedido que ele botasse a máscara durante o voo, ao qual ele recusou, reclamando e acabando machucando o braço de uma das funcionárias.

O piloto do avião então, considerou Okuno um risco a segurança, assim pousando no aeroporto mais próximo para que ele descesse do avião.

O avião estava indo para Kansai, mas eles pousaram em Niigata, ao ser removido, o resto dos passageiros aplaudiram.

Pois bem, agora em janeiro Okuno foi preso por conta desse incidente, e olha só, apesar da policia pedir para ele colocar uma máscara durante a prisão e da sua interrogação, ele recusou também!

Ele disse: ”Eu sou um cara que recusa máscara”, ele também não está cooperando com as autoridades para esclarecer o caso, ele disse a polícia para ”ler o blog dele” para saber da história.

“Conseguimos. Chegamos ao limite de velhos teimosos”
“Ele está claramente tentando se tornar o mais novo astro da Internet”
“Ele encontrou a maneira mais estúpida do mundo de se tornar famoso. Patético”
“Eu nem estou com raiva. Ele sabe o que está fazendo”
“Ele deveria usar uma máscara só porque é feio”
“Eles deveriam chamá-lo de ‘Tipo Recusado pela Sociedade’”
“Ele está trabalhando duro para ser o idiota mais famoso de Reiwa. Continuaremos a vê-lo em todos os programas de entrevistas assim que ele sair”

Além desses incidentes, reports dizem que Okuno causou distúrbio ao visitar um museu sem máscara no verão passado, e outro ao visitar um hotel em Nagano novembro do ano passado, também sem usar máscara.

Bom, o que vocês acham?

Gostou do post? CURTA nossa página no Facebook! SIGA o Hoss no Twitter e nosso PERFIL no Instagram! Receba nossos posts pelo Telegram.

Sugestões? Correções? Proposta comercial?
nos envie um e-mail para: [email protected]

%d blogueiros gostam disto: