Homem de 40 anos preso por vender DVDs piratas de Kimetsu

Homem de 40 anos preso por vender DVDs piratas de Kimetsu

Com Kimetsu no Yaiba o crime não compensa.

Um homem de 40 anos, empregado em uma empresa aí, da cidade de Fukuoka, foi preso por ter violado a lei de direitos autorais do Japão por estar vendendo DVDs piratas em um site online.

A polícia soube do caso por meio de duas mulheres que compraram os DVDs piratas por meio da loja online.

Os DVDs, que acredita-se virem da Malásia, custam bem mais barato que os originais. Segundo a polícia, o homem recebeu 11,5 milhões de ienes.


Curta a gente no Face, siga no Insta e no Twitter!! Arigas!!

Compartilhe!!