Crunchyroll se desculpa por título em inglês de Kuro-Gyaru ni Natta Kara

Crunchyroll se desculpa por título em inglês de Kuro-Gyaru ni Natta Kara

O anime só foi anunciado e já gerou treta.

O anime Kuro Gal ni natta kara Shinyuu to Yattemita foi anunciado recentemente, e foi um post até mega popular aqui no site, visitas o dia todo.

O anime é sobre um rapaz que é drogado por uma mulher (ela provavelmente se vingando), e ele vira uma garota, então ele e seu melhor amigo acabam praticando libertinagens.

Então o Crunchyroll publicou sobre o anime e traduziu o título como

Crunchyroll se desculpa por título em inglês de Kuro-Gyaru ni Natta Kara

Que traduzindo pro PT-BR, ”Eu me tornei uma garota de pele escura, então eu tentei libertinagens com meu melhor amigo.

Acontece que… pessoal reclamou bastante nos comentários, dizendo que isso é bullying, acontece que o Crunchyroll só fez traduzir o título original em japonês.

Pois bem, após as várias reclamações, eles atualizaram a sua notícia, em seu site oficial, pedindo desculpas pelo título insensível.

”Nós pedimos desculpas pela tradução insensível em nosso post e das conotações negativas que isso criou. Nós mudamos nosso post para usar exclusivamente o título em japonês, e estamos fazendo mudanças em nossas operações para prevenir que isso ocorra novamente”.

Isso me faz lembrar que já foram na VSA reclamar por causa de outro anime da ComicFesta, o Skirt no Naka wa Kedamono Deshita. Na época em que ele foi anunciado, isso foi em 2017, eu fiz a notícia e postei uma das traduções do nome do anime, que é ”Tem uma fera debaixo da saia”,

Daí vieram reclamar porque esse título seria transfobia, falar que tem uma ”fera debaixo da saia”, só que eu só fiz postar uma das traduções do título original, é aí que tá, os animes da ComicFesta tem dessas em seus títulos, eles pegam um fetiche e trabalham o anime virado nesse fetiche.

Enfim né.

Gostou do post? CURTA nossa página no Facebook! SIGA o Hoss no Twitter e nosso PERFIL no Instagram! Receba nossos posts pelo Telegram.

Sugestões? Correções? Proposta comercial?
Envie um e-mail para: [email protected]

Compartilhe!!