Comentários do Autor ReZero 2 Ep 11 – Inimigos do Arco 4

Aqui está um compilado dos comentários do Tappei Nagatsuki, autor da light novel de Re:Zero, sobre o episódio de hoje.

Toda semana ele vai ao twitter e comenta cena a cena sobre o episódio, revelando mais detalhes da história ou curiosidades.

Os Comentários do episódio desta semana começam pelo tweet abaixo, compilados no Reddit.

Muito bem, mais uma vez, chegou a hora de Re: Zero! Na última vez, Subaru havia retornado a Beatrice. Ele respondeu “Eu sei o inferno” para Garfiel, mas o que é que ele vai ver neste mundo? Com esse tipo de sentimento, por favor, junte-se a nós!

Para começar, Frederica e os outros estão seguindo as instruções de Subaru, levando a Rem adormecida e evacuando para a aldeia de Arlam. Petra parece preocupada, não é mesmo?

Com as palavras de Subaru, Beatrice olha para o livro em suas mãos. Com a sua atitude, ele toma o livro das mãos dela mas… o livro não apenas não mostra o futuro como não tem nada escrito nele.

Beatrice continua esperando por “Aquela pessoa” na Biblioteca Proibida. No entanto, cansada disso, Beatrice deseja o fim. Ela havia colocado alguma esperança em Subaru, mas…

Subaru tinha voltado à mansão, então Elsa-san e as outras tinham agido mais cedo para igualar a esse acontecimento. A resposta ao porquê das portas da mansão terem sido abertas é a prova de que Elsa-san estava procurando por Beatrice.

Maylie é uma “usuária de Mabeast”, e o que fica claro a partir de suas ações é que o ataque simultâneo de Elsa e Maylie – em outras palavras, o ataque à mansão – é um ataque combinado dos inimigos dos dois primeiros arcos.

Esta é a primeira vez que Beatrice luta seriamente, não é mesmo? É também a primeira vez que um personagem que não seja Subaru usa Shamac apropriadamente. Quando alguém que não seja Subaru o usa, é devidamente intimidante. Provavelmente, isso também funcionaria contra Julius.

Elsa deveria ter caído em pedaços depois de ter sido atingida por Minya, mas…… não há tempo para que Subaru se preocupe com isso. Beatrice foi ferida fatalmente, e está sendo desfeita a partir daí.

Nesse momento ele pensou “Desta vez é só até aqui?……”, Elsa-san vai arrancar um dos olhos de Subaru. Ela deve ter sentido muito a falta da barriga dele.

Com seu olho esquerdo perdido, Subaru está a ponto de ser morto. Nesse estado, ele é novamente engolido pela luz azul, e teleportado. A vista familiar é o “Santuário” com neve que ele havia deixado uma vez para trás.

A neve está caindo mais uma vez no “Santuário”.

No “Santuário” com neve, Subaru arrasta seus pés, voltando para a sepultura. Ao invés de verificar se alguém não está ferido, seu objetivo é mais o de querer discutir as coisas com Echidna, mas quem esperava por ele no túmulo era uma Emilia inquieta.

Foi um encontro inesperado com Emilia, mas ele também notou que Emilia está em um estado estranho. Diante de um Subaru que não consegue entender o que aconteceu enquanto ele não estava lá, Emilia não lhe dá tempo para se recuperar.

Garfiel está preocupado com o perigo representado por Emilia ao entrar na cova, mas como ele não consegue entrar, está esperando que Subaru a traga para fora. Mas, ele não só volta de mãos vazias, como também é espancado. Garfiel também está confuso.

“Não há como Emilia dizer que me ama!!” é uma coisa triste de se tornar ciente.

Algo que se pergunta de vez em quando: “Você ouviu isso de mim?”.

Um ataque passando através de uma heroína, um golpe focado em apanhá-lo desprevenido. Usar Ram é a maneira mais apropriada de matar Garfiel; o pensamento de Roswaal é diabólico, não é?

“O você que eu conheço voaria em fúria”, não é isso? Por que Subaru não se enfureceu? Talvez as palavras de Roswaal, como ele pensa ter descoberto, tenham acertado no alvo.

Roswaal agarra seu livro com sua mão ensanguentada. Quando se pensa em seu estado de espírito, a sensação que transmite é que ele já está pensando em como isso vai acontecer; acho que isso é muito bem feito!

“Para isolar Emilia-sama”. Se a neve cair no lugar onde Emilia está, vão pensar que ela é a causa. Para Roswaal, que pretendeu fazer isso desde muito cedo, até mesmo Memory Snow foi um trampolim.

Cair a neve faz com que o Grande Coelho chegue.

Roswaal acredita que ele entende o looping de Subaru, mas ele não consegue manter suas próprias memórias. Ao contrário de Subaru, mesmo que ele entenda que vai terminar aqui, ele espera alcançar seu objetivo dependendo dos loops de Subaru. É assim que Roswaal trabalha.

“…você também pode se tornar como eu” é Roswaal dando conselhos a Subaru, à sua própria maneira.

Depois que Roswaal é morto pelo Grande Coelho, Subaru, de uma forma ou de outra, faz seu caminho até Emilia, mas seu corpo já está à beira da morte…

…Seu primeiro beijo carregou o gosto frio da “Morte”.

A pior morte de Subaru foi quando ele foi comido pela primeira vez pelo Grande Coelho, mas acho que se pode dizer que esta rodada foi o pior momento para ele. Incapaz de salvar Beatrice, Petra e os outros também foram mortos, Ram e Garfiel foram mortos diante de seus olhos, e Roswaal é insano. Emilia também está com o coração partido.

Naturalmente, o “Santuário” foi dizimado com a chegada do Grande Coelho. Otto também morreu silenciosamente fora da tela!

Obrigado por se juntar a nós esta semana! Finalmente, você pode dizer quem são os inimigos do arco quatro, ou talvez eles estejam se tornando menos claros! Enquanto amamos o meio novo personagem Maylie, vamos esperar pela próxima semana!!


Curta a gente no Face, siga no Insta e no Twitter!! Arigas!!

Compartilhe!!