Autora de Doujin processa Site Pirata e Vence

Autora de Doujin processa Site Pirata e Vence

Autora de Doujin processa Site Pirata e Vence

Uma mulher que cria doujins entrou com um processo contra a empresa A Class, que operava sites de douiins piratas. A corte de Tóquio determinou que a empresa pague aproximadamente 2.19 milhões de ienes a mulher.

A mulher entrou com a ação contra a A Class em 2018, pedindo 10 milhões de ienes em danos. A empresa alegou que ela não poderia pedir isso pois ela havia criado doujins sem autorização de obras famosas. Os doujins da mulher foram upados em 7 sites piratas.

O Juiz determinou que não havia evidências suficientes que os trabalhos dela eram trabalhos derivados ilegais.

O valor da compensação também foi um ponto de discórdia. Enquanto alguns sites exibiram o número de visualizações de página para os trabalhos do autor, outros não. O autor fez uma aproximação da contagem total de visualizações de página usando a ferramenta de análise da web SimilarWeb*, mas o juiz determinou que isso era insuficiente para determinar a contagem total. As visualizações de página dos sites que não exibiram os números foram determinadas pela contagem média de visualizações de página dos outros sites.

O advogado da mulher, Kei Hirano, informou que eles foram capazes de identificar a forma de operar dos sites piratas indo até a página de ”anúncios”.

O que vocês acham dessa decisão? Preste atenção, é tipo um artista criar um doujin hentai de Re:Zero, daí ele acaba em um site pirata, e o artista ganha a causa contra o site pirata.

Isso abre novos precedentes no Japão!

*O SimilarWeb não passa os números reais dos sites tá, costuma ser um número aproximado ou bem errado, os da VSA mesmo tão bem errados.


Apoie a Você Sabia Anime pelo PayPal para ter mais posts

Curta nossa Page no Facebook, no Instagram e siga o Hoss no Twitter

Comprar na Amazon pelos Botões abaixo ou por este Link ajuda a VSA

Compartilhe!!