Autor de Mushoku Tensei diz que é Influenciado por tudo que vê

Autor de Mushoku Tensei diz que é Influenciado por tudo que vê

Como eu mencionei no meu comentando do episódio 8 de Mushoku Tensei, por conta da cena entre Rudeus e Eris, eu vi sim um pessoal reclamando que a história tem apenas libertinagens.

O mais interessante é ler o povo tentando analisar porque o autor botou tantos elementos assim na história, mas a resposta é simples, e está em algumas entrevistas que ele deu.

Segundo essas entrevistas, ele diz abertamente que ele pega elementos de várias histórias que ele gosta, e que as colocas todas juntas em um trabalho só, no caso, Mushoku Tensei.

É tipo você assistir um monte de animes, ler mangás, jogar games e cada história vai ter algo que você gostou, daí você pega um pouco daqui, um pouco dali e escreve a sua história.

Entre alguns trabalhos que ele mencionou nessas entrevistas, em termos de visão de mundo, ele foi incluenciado pelos seguintes jogos: Dragon Quest, Final Fantasy, Suikoden, Romance Saga, Masou Kishin, Legend of Mana, Toshin Toshi, Rance, Ragnarok Online.

Já em relação a coisas mais detalhadas, ele citas as novels Slave Harem in the Labyrinth of the Other World, Mashou, Heal Saikou, esse último inclusive, é uma webnovel de 2011, conta a história de um assalariado que morre e reencarna em um mundo de fantasia, e que aprende magia ainda criança, bem parecido com Mushoku Tensei.

Mas ele diz que é influenciado por tudo que ele vê, inclusive ele já disse que Re:Zero o influenciou ao escrever o ato final de Mushoku Tensei.

Mencionar que não tem nada de errado com isso tá, inclusive gente da indústria fala que, se você quer criar uma história para um game, um mangá, uma novel, que você veja muitas histórias, jogue bastante, leia bastante, assista bastante, autores de histórias são influenciados uns pelos outros.

E se você é entendedor, notou que ele citou títulos mais adultos ali né? Pois bem né, agora você entende o lado mais r18 de Mushoku Tensei.

Gostou do post? CURTA nossa página no Facebook! SIGA o Hoss no Twitter e nosso PERFIL no Instagram! Receba nossos posts pelo Telegram.

Sugestões? Correções? Proposta comercial?
Envie um e-mail para: [email protected]

%d blogueiros gostam disto: