Kentaro Waki desabafa no Twitter sobre sua vida

Diretor de Fotografia de SAO Alicization – Kentaro Waki desabafa no Twitter sobre sua vida

Kentaro Waki é um talentoso animador, ele trabalhou em animes como God Eater, Gundam Thunderbolt, SAO Ordinal Scale e atualmente em SAO Alicization, e bom, recentemente ele publicou uma série de tweets em inglês em seu perfil que mostram que ele não está bem.

Em uma série de tweets, Kentaro fala como ele está se sentindo, eu traduzi todos mas você pode entrar no perfil dele e enviar uma mensagem de apoio:

Estou mentalmente muito deprimido agora. Estou diante de um dilema terrível e não sei seriamente o que faço. Em resumo, é assim: “Para o que estou fazendo animação?” “Por que estou vivo?” “Existe alguém que precise de mim?” É assim.

Eu queria contar para alguém, mas não sabia escrever em japonês do meu ponto de vista, então ousei escrever em inglês. Para ser sincero, não posso decidir se continuarei este trabalho. Eu estou sozinho.

Meus problemas e conflitos mentais estão começando a aparecer na minha animação. E há muitos problemas que não consigo resolver sozinho. Quando falo em japonês, parece que estou trabalhando feliz, mas meu espírito já está esfarrapado.

O que os outros estão me pedindo agora é “Fazer lucros” e “Fazer vídeos que vendam”. Ambos podem ser elementos necessários para viver, mas quero trabalhar pelo significado original de “animação” que existe neste mundo.

Obrigado por muitas mensagens. Não há muitas oportunidades como essa, então permita-me escrever um pouco mais. Pode demorar um pouco mais. Desculpe. Meu dilema não é apenas “Se você ganha dinheiro com seu hobby” ou “os problemas de toda a indústria da animação”.

Eu vou falar sobre um pouco dos velhos tempos. Quando eu era criança, meus pais ficavam me dizendo para me tornar um elite e um sucesso na vida. Quando obtive uma nota ruim nos testes da escola, meus pais me criticaram e às vezes batiam nas coisas. O que eu estimava foi jogado fora muitas vezes.

Quando obtive uma boa nota no teste da escola, meus pais me elogiaram, mas para mim isso significava que eles “não estavam com raiva”.

Como fui forçado a estudar, fui para um determinado nível do ensino fundamental e médio. Mas eu não gostava muito de estudar e estava interessado em teatro e animação 2D. Parei de ir para a universidade e fui para uma escola onde eu poderia estudar animação profissionalmente.

Naquela época, meus pais desistiram completamente de mim.

Quando eu era aluno da escola de Animação, meu professor elogiou meu trabalho. Encontrei pela primeira vez a sensação de ser “elogiado” lá. Naquela época, senti que “fazer uma animação” me permitia viver em sociedade. Para mim, a Animação era uma “ferramenta de comunicação” com os outros.

Porém, recentemente, pessoas próximas a mim quando meu trabalho termina, a primeira palavra deles é: “Quanto foi o seu trabalho?” Além disso, eles falam sobre isso sem assistir ao meu vídeo.

Para eles, o trabalho que fiz é como uma peça de xadrez, não importa quem esteja no comando, implore ou recuse. Significa apenas “ganhar dinheiro”.

Eu sou um humano que só pode viver socialmente fazendo animação e tendo alguém que a assista. Não há mais nada em que eu seja bom. E o fato de ninguém estar assistindo a minha animação significa que, ao mesmo tempo, não tenho reconhecimento social.

“Como alguém pode assistir ao meu trabalho?” Então, tentei implorar por todo o trabalho que me pediram sem recusar. Eu pensei que se eu fizesse muitos trabalhos, alguém poderia estar ciente. Mas o resultado foi o mesmo.

A empresa não estava interessada em meus sentimentos sobre animação e meu tratamento na empresa não mudou.

Por outro lado, por causa de muito trabalho, minha força mental e física foi bastante reduzida e eu não conseguia fazer meu trabalho de forma satisfatória. Passei o tempo “apenas para terminar” os trabalhos.

No entanto, eu também me orgulhava de fazer Animação: “Eu queria fazer a Animação da melhor maneira possível, até o limite”. Isso afligiu ainda mais meu espírito. Cheguei a pensar “Para que estou vivendo?”.

Há uma opinião pessoal de que “a animação deve ser assim” e “eu quero desafiar novas expressões”. No entanto, não tenho tempo, força física, força mental e ambiente para perceber isso.

Se o estúdio de outro lugar precisar de mim e eu puder trabalhar com tranquilidade, ficarei feliz em ir para lá. Eu sinto muita dor agora.

Existem muitos outros problemas além da minha personalidade e ambiente de vida, incluindo coisas sobre as quais não falei. Não importa quanto tempo e esforço eu dediquei no meu trabalho, ninguém vai me reconhecer e ser gentil comigo.

Só consegui me envolver com outras pessoas por conta do trabalho com animação até agora e comecei a sentir que poderia ser uma pessoa solitária e socialmente sem valor. Eu acabei de perceber isso.

É muito assustador para mim escolher terminar a vida de alguém. Eu não poderia ir lá. É por isso que ainda estou fazendo animações no ambiente difícil de hoje. Não há outro caminho. Onde estão as pessoas que precisam de mim?