Mulher conta que Igreja a Proibia de ver Animes – “Isso é do Satã” 

Mulher conta que Igreja a Proibia de ver Animes

O portal de notícias NTV News entrevistou uma mulher na casa dos 30 anos que contou a sua experiência como parte de um culto religioso no Japão. Essa mulher conta que Igreja a proibia de ver animes por ser “desenho do satã”.

Cultos religiosos são bastante comuns no Japão e alguns costumam ter coisas bem estranhas, e formas de recrutamento bastante assustadoras como por exemplo, se passar por jogadores de Pokémon.

Segundo a entrevista dessa mulher de 30 anos que não faz mais parte da Igreja em que ela era integrante, disse que “tudo havia sido roubado” dela.

Ela disse que quando era criança o culto religioso era tudo para ela e que ela acreditava nisso, ela também não tinha acesso a outros conhecimentos então acreditava no que lhe falavam.

Mulher conta que Igreja a Proibia de ver Animes – “Isso é do Satã”

Abaixo está o vídeo da mulher contando sua história, seu rosto e vozes censurados para impedir que ela seja identificada e sofra com represarias, o culto se chama “Igreja da Unificação”.

Segundo o que ela conta, ela tinha várias restrições, a mulher conta que Igreja a proibia de ver animes, alegando ser programa do diabo:

Mesmo se eu quisesse ver algum anime popular, me falavam: ‘você não pode porque isso é do Satanás’ Se eu acabasse assistindo eles lavavam os meus olhos pois falariam que meus olhos estavam sujos

Igreja a Proibia de ver Animes e também de ter Romances

Ela também conta que os cultistas controlavam até mesmo a vida romântica dela:

Eu não tinha permissão para uma vida amorosa, tive meu primeiro namorado no ensino médio e minha mãe descobriu, eu fui obrigada a jejuar pois não me deixaram comer, ela me disse para me arrepender de ter tido um relacionamento com um homem que era contra a doutrina da Igreja

Ela conta que a família dela faliu, ela disse que foi criada com medo de desobedecer aos ensinamentos da Igreja, acreditando que assim iria ao inferno, porém a família dela fez muitas doações a Igreja o que fez ela falir. Foi ai que ela deixou a casa e a Igreja e começou a trabalhar.

Um especialista que estuda problemas relacionados a cultos religiosos disse o seguinte sobre a coerção infantil pelos cultos: “As crianças não tem a liberdade de não acreditar. Eles são recrutados e ensinam doutrinas para eles sem que eles tenham escolha. Existem várias coisas que cabem na definição de abuso infantil”.

Cultos religiosos é um problema no Japão pois existem muitos e as táticas deles normalmente é de tirar dinheiro dos fieis, obviamente existem boas Igrejas que procuram ajudar à todos, mas nem sempre essa é a intenção de todos.

Arigas Yaraon

Hoss

Hoss é o criador da Você Sabia Anime, formado em Design, está estudando japonês, talvez coreano, está treinando desenho em uma mesa e começou a fazer lives no Youtube

%d blogueiros gostam disto: