Fundador da Bushiroad pede desculpas por Falar p*nis na frente de Dubladoras sobre Treta de BanG Dream

Fundador da Bushiroad pede desculpas por Falar p*nis na frente de Dubladoras

Fundador da Bushiroad pede desculpas por Falar p*nis na frente de Dubladoras sobre Treta de BanG Dream

 

O fundador da empresa Bushiroad, o Takaaki Kidani, postou um pedido de desculpas em seu twitter no dia 13 de Outubro por uma linguagem inapropriada durante uma live sobre o anime Assault Lily Bouquet que foi anunciado recentemente.

O fundador falou a palavra ”chinchin” (que significa pênis) durante a transmissão, abaixo você confere o momento:

No vídeo acima, Kidani pede que as dubladoras que estavam na live tapem os ouvidos e diz:

”Não existe problema em personagens masculinos aparecerem, desde que seja um pai ou um irmãozinho que o pau não fique duro”.

OK, o que rolou exatamente para ele falar isso numa LIVE?

Recentemente foi revelado no game mobile BanG Dream! Girls Band Party que a personagem Lisa tem um irmão mais novo, e isso gerou um sentimento de confusão e reclamação entre os fãs.

Durante a live ao ser perguntado sobre a ”ira dos fãs” de BanG Dream, Kidani fez e disse o que eu descrevi acima.

No seu tweet de desculpas, Kidani escreveu que não percebeu que o evento era uma transmissão ao vivo e pensou que suas palavras seriam bipadas. Várias respostas ao seu tweet parecem não ter aceitado o seu pedido de desculpas e acusam Kidani de ter perdido o ponto.

É comum animes/mangá/games mobile de ”garotas fofas fazendo algo fofo” não ter personagens masculinos aparecendo, como é o caso de Love Live por exemplo, e lembro até que no passado ocorreu uma treta quando as meninas de Love Live fizeram um collab em um game que tinha personagens homens, alguns fãs não gostaram delas interagindo com os personagens masculinos.

Só que nesse caso de BanG Dream, o problema não era a inclusão de um personagem masculino, BanG Dream já havia introduzido personagens homens antes, como por exemplo o pai da Ran, o pai da Yukina e os irmãos da Saya e Hagumi.

E estes personagens não tiveram problema nenhum com os fãs, segundo @BandoriBroth em seu tweet explicativo, o problema é que Lisa na história foi descrita como uma personagem do tipo ”zeladora”, e que isso se deve a sua interação com crianças mais novas do seu bairro, o que implica que ela não tinha um irmão mais novo.

Fãs então ficaram irritados mais pelo fato de criarem esse furo na história de BanG Dream do que colocar um personagem homem na história:

“A razão pela qual a continuidade é importante para nós é porque Bandori tem uma narrativa extremamente consistente, e esse é um enorme passo em falso em seu incrível histórico” disse @BandoriBroth em seu tweet.

O que vocês acham dessa treta?

Links: Bandori BrothANN


CLIQUE NA IMAGEM PARA IR PARA A SEMANA DA LÍNGUA JAPONESA