Cruz Vermelha do Japão diz que não Reconhece imagem de Uzaki-chan como Assédio Sexual

Cruz Vermelha do Japão diz que não Reconhece imagem de Uzaki-chan como Assédio Sexual

Cruz Vermelha do Japão diz que não Reconhece imagem de Uzaki-chan como Assédio Sexual

 

A Cruz Vermelha do Japão costuma fazer colaborações com animes/mangás/games no Japão para ganhar mais doadores de sangue, e a sua mais recente colaboração de doação de sangue é com o mangá Uzaki-Chan, o visual você pode ver abaixo:

O poster acima foi classificado por algumas pessoas como ”Assédio Sexual” contra mulheres, e criticado por uma advogada no twitter. Você pode ler toda a história aqui antes de continuar a ler este post.

O debate então estourou no twitter a questão sobre se usar a Uzaki-chan era algo apropriado ou não, pois o seu mangá destaca como ela tem peitos grandes.

Com o crescente aumento que o debate on-line trouxe para a obra de arte, o site J Cast do Japão conversou com um representante de relações públicas da Cruz Vermelha Japonesa, pedindo a posição da organização sobre o assunto, e obteve a seguinte resposta:

”Esta campanha promocional está meramente fornecendo presentes para as pessoas que são gentis o suficiente para cooperar com a doação de sangue, e nós não a reconhecemos como assédio sexual.

Anteriormente nós recebemos o suporte de várias séries de animes em campanhas de doação de sangue, e todas essas parcerias foram bem recebidas e aumentaram a quantidade de sangue doado.

Sobre as opiniões sobre a colaboração atual, nós estamos ouvindo elas e iremos levar em consideração para atividades futuras”.

Uma curiosidade é que a imagem usada na colaboração da Uzaki-chan com a Cruz Vermelha é a mesma que foi usada na capa do volume mais recente do mangá:

O fato de aumentar a doação de sangue é algo que eu vi alguns japoneses falarem, normalmente você ganha um brinde (coisa pequena) do anime da colaboração quando vai doar, e Otaku gosta de ganhar brinde (todo mundo né).

O que vocês acham da resposta da Cruz Vermelha do Japão? E de toda essa história?

via


CLIQUE NA IMAGEM PARA IR PARA A SEMANA DA LÍNGUA JAPONESA