Crimes do Japão – Duas Mulheres são Presas por Fazer lives Nuas

Crimes do Japão - Duas Mulheres são Presas por Fazer lives Nuas

Crimes do Japão – Duas Mulheres são Presas por Fazer lives Nuas

Hoje eu vou apenas falar de dois casos bem parecidos e curiosos que aconteceram na mesma semana no Japão, duas mulheres que foram presas por transmitir vídeos ao vivo mostrando tudo.

Note que são dois casos completamente diferentes!

Amanhã eu faço o compilado bonitinho com outros tipos de crimes.

Vamos aos dois casos, achei muito curioso isso.

1º Caso – Yui Akane

A polícia de Tokyo prendeu uma ex-atriz pornô nesta semana, a ex-atriz Yui Akane foi presa segundo noticiado pela TV Asahi no dia 26 de Junho.

A acusação é a seguinte: aparecer completamente nua em lives na Internet.

Entre Fevereiro e Abril, Yui Akane (nome real é Ai Tsunezumi), revelou as suas genitais em lives que ela fazia no site de streaming da FC2 Live.

A policia não prendeu só ela como também Komei Hisada, que supostamente dava instruções para a ex-atriz.

Crimes do Japão - Duas Mulheres são Presas por ganharem Dinheiro com Vídeos Eróticos delas

Akane foi acusada de exposição indecente e disse: ”Eu fiz isso para cobrir despesas de casa”.

Já Komei nega as acusações e diz que ele não a instruiu a se mostrar.

De acordo com a policia, quem assistia as lives tinha que pagar uma taxa de 600 ienes por minuto, foi dito que desde dezembro de 2017, a acusada acumulou 13 milhões de ienes em vendas.

Akane que hoje tem 30 anos começou na indústria pornográfica japonesa em 2011, seu último filme saiu em 2013.

2º Caso – Aya Sato

A polícia de Tokyo prendeu no dia 28 de Junho a popular Youtuber Aya Sato, o motivo é o mesmo do caso acima, aparecer completamente nua em lives na internet.

Entre Fevereiro e Março, Aya Sato de 28 anos fez transmissões ao vivo por meio do site FC2 Live onde apareceu completamente nua.

Sato que foi acusada de exposição indecente admitiu as acusações e disse: ‘‘Já que eu usava uma mascara, eu não achei que seria descoberta’‘.

Igual ao caso acima, para assistir as lives de Sato era necessário pagar 600 ienes por minuto, o que deixa esse caso mais famoso é que Aya Sato é uma Youtuber! Ela possui um canal com mais de 300.000 inscritos e atende pelo nome de ”Hirose Youtube”

Abaixo tem o vídeo mais recente dela:

E ai está, dois casos iguais ocorrendo na mesma semana!

Vale lembrar que no Japão é proibido mostrar as genitais diretamente, é necessário censurar, até em materiais pornográficos.


Gosta do Conteúdo da Você Sabia Anime? Considere apoiar a gente no nosso Catarse ou doando diretamente pelo Paypal!

Page no FacebookMeu Perfil no TwitterNosso Instagram

Please follow and like us:
error