Blog do diretor Yamakan sai do Ar

Blog do diretor Yamakan sai do Ar

Blog do diretor Yamakan sai do Ar

Yutaka Yamamoto (também conhecido como ‘Yamakan’) o diretor de Kannagi: Crazy Shrine Maidens e Wake Up, Girls! tem mantido um blog pessoal desde 2016. que ele usa para compartilhar informações, como notícias confidenciais sobre a produção de Wake Up, Girls !, culpa um ídolo por ser esfaqueado por um fã enlouquecido, e pontifica sobre seu ódio pelos otakus e “ressentimento” em relação ao povo chinês, entre outras coisas.

Mas como a conta do Twitter de Yamakan, que foi suspensa em 2018 por “comportamento abusivo, ameaçador e discriminatório”, também deve concluir este capítulo das aventuras on-line do Yamakan. O blog dele que era mantino no LINE, ficou offline na Quarta-Feira. O último post recuperável via Wayback Machine foi a partir de 11 de Abril.

Nesse meio tempo, Yamakan começou outro blog no Ameba Blog, que detalha por que o blog do LINE foi apagado. Em seu primeiro post, publicado na Segunda-Feira, ele escreveu: “Fiquei farto da total impotência do blog da LINE”. Em posts subsequentes, ele compartilha mais detalhes sobre o suposto “horror” do blog da LINE. Ele revela que sua postagem foi restrita em seu blog LINE sem avisar pela “enésima vez”. Ele alegou que depois de enviar um e-mail certificado para o LINE, eles deletaram o seu blog.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=STxhjklV4Sg]

Na Sexta-Feira, Yamakan postou um vídeo de si mesmo ligando para o LINE. Ele diz ao call center: “Estou gravando essa ligação, então não diga nada estranho, ok?” Então ele diz: “Por que você continua cortando minhas ligações?” Quando a mulher que atende a ligação tenta responder que é uma prática padrão redirecionar as chamadas para o departamento relevante, Yamakan a interrompe para dizer: “Não, você apenas me interrompe unilateralmente. Diga-me, é assim que você trata um ser humano?” Antes que a mulher possa terminar sua sentença, Yamakan a interrompe novamente para dizer: “Não, não, não. Eu lhe disse para trazer a pessoa responsável”. A mulher diz: “Eu não posso conectar você àquela pessoa porque não consigo entender seu pedido”. Yamakan diz: “Por que não?” Antes que a mulher possa responder, ele a lembra: “Estou gravando isso. Vou postar na internet”. Quando a mulher diz que não entende seu pedido, Yamakan repetidamente pergunta “Por que você não entende?” e diz a ela para trazer alguém que possa entender.

Isso dura cerca de dois minutos até que Yamakan começa a dizer: “Você está me negando porque eu sou um caso especial? Eu sou irritante para você? Irritante? Estou em uma lista negra? Eu tenho um advogado. Enviei um e-mail certificado pelo conteúdo depois que eu fiz tudo isso, você está dizendo que você não pode nem entrar em contato com a pessoa que eu quero ver?” Mesmo assim, a mulher repete que não consegue conectar a ligação. Yamakan continua a perguntar “Por quê?” até que finalmente ela desliga. A ligação foi de cinco minutos no total.

Além de postar sobre o quanto ele odeia o LINE, Yakaman até agora usou seu blog da Ameba para reclamar mais uma vez sobre o quanto ele odeia otakus: “Eu nunca vou considerar seus bastardos como ‘clientes”’.


Apoie a VSA através da nossa campanha do Cartase ou via doação direta pelo PayPal