Como a Jump decide os Animes – Editor Responde

Como a Jump decide os Animes - Editor Responde

Como a Jump decide os Animes – Editor Responde

O editor chefe da Shonen Jump, Hiroyuki Nakano, recentemente deu uma entrevista para o site ANN onde disse muitas coisas legais sobre a Jump e sobre como surgem os animes da revista.

Isso logo após o produtor da Kadokawa também falar sobre o lado deles na produção de animes.

Vamos lá ao que ele disse.

Primeiro de tudo ele disse que eles na Shueisha não conseguem produzir animes sozinhos, para isso eles tem que ter parceria com outras empresas (os Comitês de Produção).

Como a Jump decide os Animes - Editor Responde
Como a Jump decide os Animes – Editor Responde

Ele diz que existem várias formas de um mangá ter anime. Às vezes quando eles tem um mangá popular e querem aumentar ainda mais a popularidade, eles decidem por um anime, mas antes eles tem que ir em várias outras empresas, falar ”olha, queremos transformar esse mangá em anime, rola?”, então eles vão de empresa em empresa para ver se elas querem adaptar o mangá.

Às vezes ocorre deles receberem pedidos de outras empresas que vem querendo adaptar os mangás deles em anime, foi assim com The Promised Neverland, foi a Fuji TV que foi até a Shueisha querendo transformar o mangá em anime e eles aceitaram e promovem o anime.

Como a Jump decide os Animes - Editor Responde
Como a Jump decide os Animes – Editor Responde

Em relação a estúdios, eles avaliam caso a caso. Antigamente eles ficavam muito presos a Toei e Pierrot mas esse não é mais o caso. Atualmente a Jump avalia muito qual estúdio ficaria melhor para qual anime, além disso ele diz que hoje em dia é difícil criar um anime para ser transmitido por anos e que é comum animes da madrugada, split cours, e tem o streaming também, então tudo isso pesa nas decisões.

A Bones acabou com My Hero Academia pois as empresas do Comitê de Produção do anime queriam a Bones, e a Shueisha aceitou, Neverland foi a mesma coisa, o fato da CloverWorks animar Neverland estava no acordo entre as duas.

Como a Jump decide os Animes - Editor Responde
Como a Jump decide os Animes – Editor Responde

A Shueisha também preferiu que The Promised Neverland fosse um anime da madrugada porque ele é mais sério, e eles queriam que o estúdio tivesse tempo para produzir o melhor anime possível.

Ao falar sobre Boruto e Black Clover, ele diz que várias empresas queriam animar Boruto, mas no fim eles escolheram a TV Tóquio e a Pierrot porque eles podiam alcançar mais as crianças do que as outras.

Black Clover é um caso semelhante a Boruto, alcançar crianças e um público maior, eles não queriam horário da madrugada para BC.

É isso, o que acharam das curiosidades?

[kkstarratings]

APOIE a Você Sabia Anime no Catarse, visite ele clicando Aqui


Nos siga e Compartilhe
follow subscribe - Como a Jump decide os Animes - Editor Responde0